Quartel Design Blog

[Novo Cliente] Banda Compassion: missão sem fronteiras!

Conhecida por desenvolver grandes projetos do meio cristão, a Quartel Design tem novo desafio: produzir a identidade visual de uma nova banda, mas cheia de talento!

Formada por Lucas Alcântara (bateria), Guilherme Barcelos (baixo), Lucas Salles (teclados), Renan Weber (guitarra), Thaíse Weber e Lucas Freitas (vocal), a banda Compassion é a nova cliente da Quartel Design. Em entrevista, Lucas Freitas apresenta o trabalho da Compassion, as expectativas para o lançamento do primeiro CD e a escolha pela Quartel Design. A empresa fará logomarca, fotografia e arte do CD. Confira!

Quartel Design: Como e quando nasceu a Banda Compassion? De onde a banda é?
Lucas Freitas:
Nossa banda é uma união impensada de vários amigos que foram se encontrando com o passar dos anos nas mais diferentes situações. Não somos um grupo que se conheceu integralmente em uma igreja e começou a tocar no louvor da igreja e então resolveu montar uma banda. Na realidade, somos de igrejas diferentes, e Deus, creio assim, nos uniu por um ideal, o de espalhar a esperança e a compaixão nos lares e nas mentes tão bombardeadas nos dias de hoje pelas mais variadas influências desprovidas dos princípios cristãos. Renan, Thaíse e eu já nos conhecíamos há anos. Fazemos parte da mesma igreja e tocamos juntos há bastante tempo. Com o passar dos anos conhecemos o Guilherme, depois o Lucas Alcântara e o último a entrar para o time foi o Lucas Salles. A banda tem essa formação e esse nome faz aproximadamente dois anos. Renan, Thaíse, Guilherme e eu somos de Guaratinguetá, no Vale do Paraíba, interior de São Paulo. O Lucas Salles de Lorena (SP), e o Alcântara atualmente mora em Belo Horizonte (MG).

Quartel Design: Qual o objetivo da Compassion?
Lucas Freitas:
Nascemos com o desejo de contribuir e significar algo mais para nossa sociedade pós-moderna cada vez mais carente de amor. Somos o resultado de uma união impensada, que reúne as mais diversas formas de enxergar o mundo, as pessoas, o Cristianismo e a música. Temos buscado trabalhar de maneira democrática, criando uma arte inclusiva e abrangente, que multiplique a esperança e as fronteiras, e que torne a vida um tempo melhor, com mais entendimento, sensibilidade e integração. Temos vivido um momento intenso de descobertas e realizações como cristãos e cidadãos brasileiros que, por meio da arte, pretendem contribuir para o bem comum, traduzindo esses sentimentos e experiências no nosso primeiro álbum.

Quartel Design: Como desenvolvem o Ministério e onde?
Lucas Freitas:
Como banda desde sempre nossa proposta não era apenas copiar as músicas que já estavam aí com arranjos já definidos e melodias prontas, mas sim, criar. Criar nossas músicas, nossos arranjos, nossa identidade, pautados no evangelho e nas experiências que ao longo do tempo vivemos. Claro que temos bandas e artistas que nos influenciam de maneira tremenda e sem eles com certeza não teríamos metade desse amor que temos pelo que fazemos. Para nós é um enorme prazer tocarmos suas músicas, mas entendemos também, que somos feitos à imagem e semelhança do Criador, e o presente da criatividade é algo que Ele renova em nós a cada manhã. Durante essa curta caminhada, conhecemos pessoas incríveis que têm nos influenciado e com as quais estamos muito envolvidos pessoalmente e também em seus projetos. Estivemos com alguns destes amigos, nas cidades de Cruzeiro (SP), Curitiba (PR), Varginha (MG), Barueri (SP), São José dos Campos (SP), Canas (SP) e, claro, Guaratinguetá (SP). Mas nosso tempo tem sido mais dedicado à composição das canções e à gravação do disco. Pois para tocarmos nossas canções, o registro delas em um CD é de extrema importância para que tenhamos base para a divulgação do trabalho. Como pessoas, estamos em comunhão com nossas igrejas, envolvidos também em várias outras causas que nos circundam, uma delas é o engajamento na ONG Makanudos de Javeh na cidade de São Paulo, e a implantação desta mesma ONG na cidade de Guaratinguetá. O objetivo é trabalharmos na área da educação com os adolescentes da rede municipal de educação abordando temas como: sexualidade, drogas, futuro, ética e cidadania. Também fazemos parte de um conselho de igrejas da região do Vale do Paraíba chamado Unidos Pela Missão que milita pela causa da unidade entre as igrejas. No site deste conselho de tempos em tempos escrevemos artigos e postamos materiais que nos têm auxiliado.
Quartel Design: Como e por que resolveram gravar um CD?
Lucas Freitas:
Nós acreditamos que temos algo a passar. As experiências que temos vivenciado não são apenas meras coincidências. Deus vem trabalhando em nossos corações há alguns anos para que estejamos da maneira que estamos hoje. Alguma coisa Ele quer fazer, temos a convicção plena disso. Temos gastado nossas vidas no Reino Dele e somos muito felizes em fazer isso. Para nós tem sido um grande prazer, e que venha muito mais! Agora, a expectativa para este ano é a finalização e lançamento do disco.

Quartel Design: Qual o nome e proposta deste CD?
Lucas Freitas:
Nossa ideia sempre foi “Compaixone-se”, mas ainda não havíamos, de fato, definido se seria esse nome. Levamos a ideia para o Rafael Duarte (Sócio Diretor e General de Criação da Quartel Design), para ouvirmos sua opinião e ele gostou muito. Com isso nos sentimos mais respaldados e seguros para apostarmos em algo tão novo como esse termo. A ideia é “animal”, sempre gostamos muito.
Quartel Design: No que diz respeito à identidade visual, como foi a escolha pela Quartel Design?
Lucas Freitas:
Já acompanhamos o trabalho de vocês há muito tempo. Nosso guitarrista, Renan Weber, também tem uma agência de design e é entre os membros da banda o mais entendido no assunto. Ele sempre foi um grande admirador do trabalho de vocês, sendo assim, não tivemos muito trabalho para escolhermos a Quartel para cuidar da nossa imagem.
Quartel Design: Por que o re-design da logomarca? Algum motivo especial?
Lucas Freitas:
Claro! Como conversamos com o Rafael Duarte, a fonte que usamos hoje nos agrada bastante. Temos plena confiança no trabalho da Quartel e queremos ver o resultado das ideias de seus combatentes dentro de tudo o que foi conversado. E se for melhor mudar e criar uma nova marca para fortalecer e compor a arte do álbum temos certeza que os combatentes terão o feeling exato para executar o trabalho.

Quer conhecer algumas músicas da Banda Compassion? Acesse a bandpage! Acesse também o Twitter da banda: @bandacompassion
 
Quartel Design – Assessoria de Imprensa
Por Thalita Daher | Capitão de Comunicação
E-mail: thalita@quarteldesign.com
Site: www.quarteldesign.com
Twitter: @quarteldesign
 
 

Pronto para iniciar sua missão?

Fechar Menu